23.8 C
Guarulhos
qua, 25 maio 2022
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -

Brasil repete nota e piora em ranking de corrupção

- PUBLICIDADE -

O Brasil caiu uma posição no ranking mundial de percepção da corrupção em 2019 e repetiu sua pior nota no estudo elaborado pela organização Transparência Internacional, divulgado na madrugada desta quinta-feira (23).

O país teve o 5º recuo seguido e passou a ocupar 106ª posição no Índice de Percepção da Corrupção (IPC), o que representa o pior resultado desde 2012. Quanto melhor a posição no ranking, menos o país é considerado corrupto.

A nota brasileira foi a mesma do ranking de 2018: 35 pontos, a pior pontuação da série histórica, que começou há 7 anos. A nota é a mesma de Albânia, Argélia, Costa do Marfim, Egito, Macedônia e Mongólia.

Entre os países da América do Sul, o Brasil está atrás de Uruguai, Chile e Argentina, e à frente de Bolívia, Paraguai e Venezuela.

Dinamarca, Nova Zelândia e Finlândia lideram as primeiras posições do ranking e são os países considerados mais íntegros, com notas mais próximas de 100.

Com as notas mais próximas de zero, e considerados os países mais corruptos, estão: Síria, Sudão do Sul e Somália.

O IPC pontua e classifica os países com base no quão corrupto o setor público é percebido por executivos, investidores, acadêmicos e estudiosos da área da transparência.

América do Sul

21º Uruguai 71 pontos
26º Chile 67 pontos
66º Argentina 45 pontos
106º Brasil 35 pontos
123º Bolívia 31 pontos
137º Paraguai 28 pontos
173º Venezuela 16 pontos
Fonte: Transparência Internacional
*Com informações do Portal G1

VEJA TAMBÉM

BOLETIM COVID GUARULHOS

REDES SOCIAIS

30,908FãsCurtir
10,600SeguidoresSeguir
5,222SeguidoresSeguir
2,860InscritosInscrever
- PUBLICIDADE -

ÚLTIMAS NOTÍCIAS