10.8 C
Guarulhos
sáb, 21 maio 2022
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -

Zoo de Guarulhos reabilita e devolve 290 animais silvestres à natureza em 2021

- PUBLICIDADE -

Os números são superiores aos de 2020, quando o parque recebeu 584 animais e promoveu 253 solturas

O Zoológico de Guarulhos, no Jardim Rosa de França, divulgou nesta sexta-feira (28) os números de animais recebidos, reabilitados e devolvidos à natureza em 2021. Nesse período o zoo recebeu 743 animais, dos quais 290 puderam ser soltos em seus habitats para a vida livre. Os números são superiores aos de 2020, quando o parque recebeu 584 animais e promoveu 253 solturas.

Psitacídeos como periquitos-verdes e passariformes (corujinhas-do-mato, sabiás-laranjeira, rolinhas e bem-te-vis) formam os maiores grupos de solturas, seguidos por mamíferos, como gambás-de-orelha-preta, e por teiús, uma espécie de réptil. As regiões escolhidas para libertar os animais são Cabuçu, Bonsucesso e a própria área do zoológico. Aqueles que sobrevivem, mas perdem a capacidade de viver por conta própria, permanecem no local.

Causas

Entre os pássaros, o cerol e a linha chilena são as principais causas de ferimentos e mortes. Muitos deles vêm a óbito ou têm asas, pernas e pés dilacerados pelo material cortante ainda utilizado nas linhas de pipa, apesar de ser proibido por lei na cidade. Já os gambás e répteis costumam ser atacados por cachorros ou mesmo por pessoas.

Toda a equipe de veterinários, biólogos e tratadores comemora a cada animal libertado. “Nossa principal razão de existir é contribuir para a preservação das espécies e, por isso, cada soltura é motivo de muita felicidade para todos nós. Infelizmente, apesar de todos os esforços, não conseguimos salvar grande parte dos bichos que recebemos e, para que o número de óbitos seja cada vez menor, seguimos com nosso trabalho de educação ambiental com crianças e adultos”, explicou Fernanda Magalhães, diretora do Zoológico de Guarulhos.

Muitos animais que não puderam retornar à natureza podem ser observados pelos visitantes do parque, dentre eles as onças-pardas Scott e Logan, que chegaram ao zoo em 2020 ainda muito pequenas e com graves ferimentos, após serem resgatadas de áreas de queimadas em cidades do interior de São Paulo. Os dois felinos habitam hoje um amplo recinto ao lado da onça-pintada, Thiana, que também chegou ao zoo ainda bebê.

Serviço

O Zoológico de Guarulhos é aberto ao público todos os dias da semana, das 9h às 16h30.

Entrada e estacionamento gratuitos.

Endereço: avenida Dona Glória Pagnoncelli, 344, Jardim Rosa de França.

Uso de máscara e distanciamento social são obrigatórios.

VEJA TAMBÉM

BOLETIM COVID GUARULHOS

REDES SOCIAIS

30,908FãsCurtir
10,600SeguidoresSeguir
5,219SeguidoresSeguir
2,850InscritosInscrever
- PUBLICIDADE -

ÚLTIMAS NOTÍCIAS