14.1 C
Guarulhos
dom, 26 jun 2022
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -

Gru Sinfônica faz concerto na Sala São Paulo com Quaternaglia e o pianista Rogério Zaghi

- PUBLICIDADE -

Concerto marca o lançamento de Down the Black River, novo álbum do Quaternaglia, com composições de Sergio Molina

Depois do grande sucesso da apresentação feita na temporada das orquestras de Guarulhos, a Gru Sinfônica, o quarteto de violões Quaternaglia e o pianista Rogério Zaghi voltam a se reunir para mais um espetáculo, desta vez na Sala São Paulo, região central da Capital, no próximo sábado (28), às 11h. Os ingressos são gratuitos e devem ser reservados com antecedência pelo site http://www.salasaopaulo.art.br/.

O espetáculo evidencia a relação das orquestras de Guarulhos com grandes parceiros e com a produção de compositores contemporâneos da música de concerto. As duas obras que compõem a apresentação na Sala São Paulo, Zéfiro Fantasia, de André Mehmari, e Song of the Universal, de Sérgio Molina, foram estreadas pela Orquestra Gru Sinfônica em 2021 em concertos digitais disponíveis no YouTube (https://www.youtube.com/channel/UCS9r_T3pJEr2wnZreRGSo1g).

O concerto marca ainda o lançamento de Down the Black River, novo álbum do Quaternaglia, com composições de Sergio Molina.

O concerto e suas peças

Zéfiro Fantasia, encomendada ao compositor de André Mehmari, foi uma das quatro estreias em homenagem aos 460 anos de Guarulhos. De acordo com o Mehmari, trata-se de uma peça bastante livre, solta, uma criação que teve como norte a representação das correntes de vento por meio dos gestuais, metais e madeiras da orquestra. Durante suas pesquisas, enquanto buscava compor uma obra que se relacionasse com a cidade de Guarulhos, ficou mais evidente a presença do aeroporto na cidade e das correntes de vento.

“A orquestração também prima por uma escrita bastante colorida para os instrumentos de sopro e madeira da orquestra, como as correntes de vento sugerem, o que valoriza os solistas desses instrumentos. Em termos formais, a peça é bastante livre. Trata-se de uma fantasia, como o próprio nome diz, e trabalha contrastes de afeto e expressão, terminando com um frevo bastante festivo, fazendo referência às bandas do interior e da região Nordeste do Brasil”, explica Mehmari.

Já Song of the Universal, do compositor Sérgio Molina, teve sua primeira audição mundial com a participação do quarteto de violões Quaternaglia e do pianista Rogério Zaghi. O maestro Emiliano Patarra explica que a composição de Sérgio Molina se materializa no final da peça, quando surge uma canção, que mesmo sem ser cantada permite a compreensão de toda sua poesia e complexidade.

 “A música de concerto é uma forma de expressão artística que pode nos ajudar a interagir, refletir e criar referências para a vida nos dias de hoje em meio a um profundo diálogo de emoções, sensações e experiências auditivas. Nesse sentido, Song of the Universal faz referências assertivas à música popular brasileira, a processos composicionais que foram marcantes durante o século XX é à tradição da música sinfônica, uma diversidade de linguagens que se complementam em um todo muito impactante”, explica Patarra.

Para mais informações sobre a temporada das orquestras de Guarulhos acesse o site http://orquestrasdeguarulhos.com/.

A Sala São Paulo fica na praça Júlio Prestes, 16, Campos Elíseos, São Paulo.

VEJA TAMBÉM

BOLETIM COVID GUARULHOS

REDES SOCIAIS

30,908FãsCurtir
10,600SeguidoresSeguir
5,232SeguidoresSeguir
2,880InscritosInscrever
- PUBLICIDADE -

ÚLTIMAS NOTÍCIAS