9.8 C
Guarulhos
qui, 19 maio 2022
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -

Guti manda tirar de exposição fotos com mulheres protestando contra Bolsonaro

- PUBLICIDADE -

Um episódio um tanto quanto inusitado ocorreu neste domingo (20), o Centro Municipal de Educação Adamastor, que recebia a exposição do coletivo Fotógrafas Guarulhenses, sofreu um episódio de censura por parte da prefeitura do Município.

O prefeito Guti pediu que cinco fotos que estavam na mostra fossem retiradas do local. As imagens mostravam as manifestações de mulheres contra Jair Bolsonaro, em 2018.

Em um áudio que circulou pela internet, o prefeito aparece falando com o subsecretário de cultura para que as fotografias não fossem mais expostas. “Fazer uma menção contra um governo federal que acabou de começar? Cara, é um absurdo. Vocês têm dez minutos para retirar isso, tudo que faça menção às questões políticas, partidárias, nominais, eu quero fora. Entendeu?”.

Imediatamente, após a ordem, funcionários do Adamastor removeram os quadros.
A exposição do coletivo Fotógrafas Guarulhenses segue em exibição até o dia 17 de novembro.

Escute o Áudio na íntegra:

 

O coletivo disse nas redes sociais que não foi informado previamente sobre a decisão do prefeito e ressaltou que a exposição não tem viés político, mas que busca mostrar o universo feminino através das fotografias.

Por meio de nota a prefeitura de Guarulhos reforçou a decisão do prefeito. “Ao saber que na exposição havia um conjunto de quadros de caráter político-partidário, o prefeito determinou que somente esses fossem retirados imediatamente, já que o Centro Municipal de Educação Adamastor é um espaço público inapropriado para manifestações de cunho político”.

 

 

 

 

Foto: Reprodução

VEJA TAMBÉM

BOLETIM COVID GUARULHOS

REDES SOCIAIS

30,908FãsCurtir
10,600SeguidoresSeguir
5,215SeguidoresSeguir
2,850InscritosInscrever
- PUBLICIDADE -

ÚLTIMAS NOTÍCIAS