15.5 C
Guarulhos
seg, 08 ago 2022
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -

Funcionário da Proguaru é chamado de ‘bichinha’ ao vivo por vice presidente da Câmara de Guarulhos

- PUBLICIDADE -

O vereador diz que revidou por ter tido sua honra ofendida antes; a comissão de trabalhadores e alguns partidos políticos repudiaram a fala

O assistente administrativo e membro da comissão de trabalhadores ‘Em defesa da Proguaru’, Raul Campos Nascimento foi atacado pelo vereador Leandro Dourado durante uma live nas redes sociais veiculada como “Aqui Agora” na última terça-feira (30).

Durante a transmissão ao vivo, o vereador, membro da base aliada do governo chamou de ‘covarde’ e ‘bichinha’ o funcionário da empresa pública. Raul Nascimento já havia participado da mesma live, em outras ocasiões e tornou-se conhecido no cenário midiático local em razão da defesa da manutenção da Proguaru.

Em nota, a Comissão de Trabalhadores repudiou as falas “Ressaltamos que ser homossexual não é desmerecimento para ninguém, “bichinha”, segundo ele, numa expressão pejorativa (…) um ataque absurdo em pleno século XXI”. Para o grupo, o vereador quis se eximir da responsabilidade, que tem, na perda de empregos dos trabalhadores da Proguaru, ao votar pela extinção da empresa.

“Nós, como representantes dos trabalhadores da Proguaru, deixamos público o nosso total repúdio ao comportamento do vereador, que não atacou apenas a pessoa de Raul Nascimento, mas a comunidade LGBTQIA+, as mulheres e os trabalhadores, esperamos que a Comissão de Ética da Câmara Municipal de Guarulhos tome as devidas providências, pois tal ato não pode passar impune.” apontou.

“O referido vereador é vice-presidente da Casa e como pessoa pública deve saber receber críticas sem perder o decoro. Somos a favor da preservação dos empregos e serviços públicos e da igualdade entre as pessoas, independente de sexo, cor e religião,” finalizou.

O vereador Leandro Dourado que saiu recentemente do PTC, partido pelo qual se elegeu em 2020, afirmou que foi chamado de ‘vendido’ por Raul e revidou. Ele é dos vereadores criticados pelos opositores do governo, de ter votado contra a Proguaru, em favor da extinção.

Nesta quinta-feira (02) em um outro programa de veiculação na cidade, o vereador disse ter reconhecido que exagerou nas palavras, mas afirma que o oponente ‘ofendeu sua honra’. Além disso, afirmou que apesar de ‘perder a mão’ não é um cara machista, nem homofóbico.

Nas redes sociais, os partidos políticos PDT e PSOL se manifestaram sobre as ofensas.

VEJA TAMBÉM

BOLETIM COVID GUARULHOS

REDES SOCIAIS

30,908FãsCurtir
10,600SeguidoresSeguir
5,243SeguidoresSeguir
2,900InscritosInscrever
- PUBLICIDADE -

ÚLTIMAS NOTÍCIAS