15.5 C
Guarulhos
seg, 08 ago 2022
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -

Por 24 a 08 votos, vereadores aprovam criação de 28 cargos de ‘assessor especial’ em Guarulhos

- PUBLICIDADE -

O salário para as novas funções que surgem na esteira da extinção da Proguaru vão custar em torno de R$ 300 mil reais por mês aos cofres públicos

A Câmara de Vereadores aprovou o Projeto de Lei 4.253/21 que cria mais 28 cargos comissionados na função de Assessor Especial com salário de R$ 8,9 mil por mês. O PL encaminhado pelo executivo municipal recebeu 24 votos favoráveis, oito votos contrários e teve duas ausências.

Veja como votou cada um dos 34 vereadores da Câmara de Guarulhos:

  • André Alves (Cidadania) SIM
  • Carlinda Tinoco (Republicanos) NÃO
  • Carol Ribeiro (PSDB) SIM
  • Danilo Gomes (DC) SIM
  • Dr. Alexandre Dentista (PSD) SIM
  • Dr. Laércio Sandes (DEM) NÃO
  • Edmilson Souza (PSOL) NÃO
  • Fausto Martello (PDT) SIM
  • Geleia Protetor (PSDB) SIM
  • Geraldo Celestino (PSC) AUSENTE
  • Gilvan Passos (PSD) SIM
  • Janete Pietá (PT) AUSENTE
  • Jaime Junior (Republicanos) SIM
  • Jorginho Mota (AGIR) SIM
  • Karina Soltur (PSD) SIM
  • Lamé (MDB) SIM
  • Lauri Rocha (PSD) SIM
  • Leandro Dourado (Sem Partido) SIM
  • Lucas Sanches (PP) NÃO
  • Luís da Sede (PSD) SIM
  • Marcelo Seminaldo (PT) NÃO
  • Márcia Taschetti (PP) NÃO
  • Maurício Brinquinho (PT) NÃO
  • Pastor Anistaldo (PSC) SIM
  • Paulo Roberto (PTB) SIM
  • Prof. Rômulo (PT) NÃO
  • Rafael Acosta (DC) SIM
  • Romildo Santos (PSD) SIM
  • Sandra Gileno (Patriota) SIM
  • Sérgio Magno (Patriota) SIM
  • Ticiano Americano (Cidadania) SIM
  • Vanessa de Jesus (Republicanos) SIM
  • Wellinton Bezerra (Sem Partido) SIM
  • Wesley Casa Forte (PSB) SIM

Às vésperas do recesso legislativo, a última sessão do ano realizada na última quinta-feira (23) com mais de sete horas de duração, os vereadores aprovaram o projeto sem ampla discussão, agora, o texto segue para sanção do Prefeito Guti (PSD).

Para justificar a criação, a prefeitura apontou urgência na aprovação e destacou que a criação dos novos cargos em questão “permitirá à administração pública escolher pessoas adequadas, aptas e capazes de desenvolver atividades desafiadoras que se apresentarão diante da nova dinâmica organizacional estabelecida”.

Com a extinção da Proguaru e a criação da nova “Super Secretaria” Regional, a prefeitura vai alocar aliados políticos ao custo mensal superior a R$ 300 mil. As novas funções fazem parte da alteração da estrutura organizacional do poder público municipal para 2022.

VEJA TAMBÉM

BOLETIM COVID GUARULHOS

REDES SOCIAIS

30,908FãsCurtir
10,600SeguidoresSeguir
5,243SeguidoresSeguir
2,900InscritosInscrever
- PUBLICIDADE -

ÚLTIMAS NOTÍCIAS